Pe. João Schiavo será declarado Beato, neste sábado

Público deverá lotar Pavilhões da Festa da Uva para participar da celebração inédita na Diocese de Caxias do Sul e rara para a Igreja Católica

A Beatificação do Pe. João Schiavo acontecerá neste sábado, dia 28 de outubro, às 10 horas, no Pavilhão 2 dos Pavilhões da Festa da Uva, em Caxias do Sul (RS). O evento terá entrada gratuita e os portões estarão abertos a partir das 8 horas. A celebração será presidida pelo representante do Papa, o Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, Cardeal Angelo Amato e inúmeras lideranças eclesiais do Brasil e do exterior, entre elas, o Superior Geral dos Josefinos, Pe. Mario Aldegani e a Superiora Geral das Irmãs Murialdinas de São José, Irmã Orsola Bertolotto. O evento está sendo organizado pela Diocese de Caxias do Sul, Congregação dos Josefinos de Murialdo e a Congregação das Irmãs Murialdinas de São José, juntamente com a Associação dos Amigos do Pe. João Schiavo, com o apoio da comunidade e devotos.
O evento religioso será transmitido, ao vivo, em rede nacional pela televisão, emissoras de rádio e pelas mídias sociais. A acolhida ficará por conta do Setor Juventude da Diocese, acompanhados pela Banda Marcial Tradicionalista Murialdo e a Banda da Escola Municipal Pe. João Schiavo, de Fazenda Souza. A cerimônia contará com a participação da Orquestra da Universidade de Caxias do Sul e do Coral Beatificação, além dos vários movimentos e serviços da Igreja que ajudarão na organização.
O rito da Beatificação do Venerável Servo de Deus Pe. João Schiavo será composto pelos seguintes atos: o Bispo Diocesano, Dom Alessandro Ruffinoni em nome de todos os bispos presentes pede ao Cardeal Angelo Amato que Pe. João seja inscrito como Beato; segue com uma breve apresentação do Pe. João, feita pelo postulador Pe. Orides Ballardin. Depois disso, ocorre o ponto alto da celebração, a leitura da Carta Apostólica em duas línguas (latim e português), assinada pelo Papa Francisco, proclamando Pe. João Schiavo Bem-Aventurado e o descerramento da imagem que retrata o novo Beato na glória de Deus, ao som do hino de louvor; o rito finaliza com a procissão da Relíquia do Beato, que será exposta no altar, para ser incensada e venerada.
Na região de abrangência da Diocese, que compreende 74 municípios, estão sendo organizadas caravanas para participar do inédito evento, para o qual são esperados milhares de pessoas de todo o Brasil e do exterior, onde chegou a devoção, inclusive com relatos de graças alcançadas em diversos países. Do Chile e da Argentina, onde há a presença dos Josefinos e Murialdinas, chegarão 160 pessoas, além de 34 devotos do Equador e da Itália, mais um grupo de 31 pessoas, incluindo 9 parentes do futuro Beato.
Ainda no sábado (28), às 16 horas, na capela onde está o túmulo do Pe. João Schiavo, em Fazenda Souza, será celebrada uma missa em espanhol para este grupo de devotos, presidida pelo Superior Provincial da Província Argentina-Chile, Pe. José Luís Di Paolo e sacerdotes estrangeiros. No domingo (29)*, será realizada uma Missa de Ação de Graças, às 10 horas, na capela de Fazenda Souza, com a presença dos bispos Josefinos: Dom Celmo Lazzari, Bispo de Sucumbios, no Equador; Dom Irineu Roman, Bispo Auxiliar de Bélem, do Pará, ambos da Diocese de Caxias do Sul; e Dom Adélio Pasqualotto, Bispo da Missão Josefina de Napo, no Equador.**
A Beatificação será um momento raro e grandioso para a Igreja, visto que hoje, segundo o Postulador da Causa, Pe. Orides Ballardin, a Congregação das Causas dos Santos tem protocolados mais de quatro mil Causas de Beatificação e Canonização. Segundo ele, o processo que torna o Pe. Schiavo Beato foi relativamente rápido “pois iniciou em 2001 e exatamente neste ano da Beatificação celebramos os 50 anos de morte do Pe. João Schiavo e os 20 anos da cura que o Vaticano reconheceu como milagre”.
No Rio Grande do Sul, são Beatos: Pe. Manuel Gomes Gonzales e coroinha Adílio Daronch (2007) Bárbara Maix (2010); e Santos: São Roque Gonzales, Santo Afonso Rodrigues e São João de Castilho (1988). Com a Beatificação do Pe. João Schiavo, o Brasil alcança o número de 52 Beatos e 36 Santos. O Brasil tem ainda 12 Veneráveis, que aguardam apenas a aprovação de um milagre para se tornarem Beatos.

* Para a Missa de Ação de Graças, no domingo (29), às 10h, na capela Pe. João Schiavo, em Fazenda Souza, haverá ônibus da empresa Ozelame saindo de Caxias do Sul com parada no Centro, na Escola Presidente Vargas, às 8h45min; na Paróquia Murialdo, às 9h; e por último, no Monumento Imigrante, voltando após o almoço do salão paroquial de Fazenda Souza. Informações (54) 99138.5481.
** Ao meio dia terá almoço no salão paroquial de Fazenda Souza (ingresso R$ 20,00 adulto / R$ 10,00 infantil – Informações: (54) 99632.4152 - 98128.6584 - 981484515).

Saiba mais
O que é Beatificação? É quando o Papa declara alguém Beato (ou Bem-Aventurado)
O que isso quer dizer? Que a Igreja reconhece que essa pessoa viveu as virtudes cristãs de forma heroica, e aprova um milagre atribuído à sua intercessão.
Como é a devoção? com a Beatificação a Igreja permite que se preste culto público ao Beato somente em algumas regiões, ou seja, nas regiões onde ele viveu ou é conhecido.
Qual o próximo passo? A Beatificação é o segundo passo das três etapas que a Igreja percorre antes de proclamar alguém santo (Canonização).